De todos os que preenchem nossa solidão, são os livros os mais anárquicos, os mais instigantes. Leia, e seu silêncio ganhará voz." - Martha Medeiros

"Com todo perdão da palavra, eu sou um mistério para mim." - Clarice Lispector. Ana Dall' Anese, 23 de Outubro de 1997, sonha em ser escritora e ajudar o mundo inteiro.

Uns dos maiores site de template Do Brasil que disponibiliza template de alta qualidade para blog de games,filmes,seriados,humor e muito mais para vocês. Sempre template de alta qualidade imagens tudo muitos deles enviados para nos por email de novos Web designer que querem monstrar seu tarabalho. Se você criar ou edita pode nos mandar que estaremos postado em nosso blog ok. Querem ver mais acesse o nosso blog.[...]

Uns dos maiores site de template Do Brasil que disponibiliza template de alta qualidade para blog de games,filmes,seriados,humor e muito mais para vocês. Sempre template de alta qualidade imagens tudo muitos deles enviados para nos por email de novos Web designer que querem monstrar seu tarabalho. Se você criar ou edita pode nos mandar que estaremos postado em nosso blog ok. Querem ver mais acesse o nosso blog. [...]

Um livro certo Ana Dall' Anese

E a Orquestra Continuou Tocando


Nome: E a Orquestra Continuou Tocando
Autor: Christopher Ward
Editora: Lafonte
Gênero: Romance
Número de página: 272

Sinopse: Jock Hume, 21 anos, era o violinista da orquestra do Titanic. Durante o naufrágio, para manter a calma dos passageiros em pânico, ele e os outros músicos mantiveram-se tocando no convés durante o caos que se instalou após o choque do navio com o iceberg. Nenhum dos integrantes da orquestra sobreviveu. Jock, que deixara em terra a noiva grávida, jamais conheceu a fi lha. Algum tempo depois da tragédia, seu pai recebeu uma carta da companhia que o contratara: era uma cobrança pelos botões do uniforme do jovem morto.
Essa história de perda, crueldade e amor é magistralmente contada por Christopher Ward, neto de Jock Hume, que investigou com extrema minúcia o passado de sua família, iluminando detalhes pouco conhecidos da maior catástrofe marítima de que se tem registro. Entrelaçando memórias de família com informações históricas colhidas em uma cuidadosa pesquisa, Ward reconstrói de forma vívida o drama de seus antepassados, expondo sua fragilidade, seu heroísmo, sua mesquinharia – toda a contraditória gama de sentimentos e atitudes de pessoas comuns subitamente tragadas pela tragédia.

By: Gaby Costa



Compartilhe este post:

Digg it StumbleUpon del.icio.us Google Yahoo! reddit

3 comentários:

Bruna Morgan

Ui! Com certeza vou ler!
http://bruna-morgan.blogspot.com

Gabi

Oi flor!
Não conhecia esse livro e embora eu prefira meus livros de vampiros (tirando crepusculo que eu acho meio idiota) acho que vou dar uma olhadinha nele sim.
Seguindo,
Pode me ajudar com minha meta de 60 seguidores? meu blog é bem novinho ainda.

Bjs
justgloss.blogspot.com

Michele B.

oi,
adorei, com certeza vou ler!

http://lostgirlygirl.blogspot.com.br/

bjos

Postar um comentário

 
Copyright 2010 Um livro certo